TEMPLO DE OBATALA EM ILE IFÉ

TEMPLO DE OBATALA EM ILE IFÉ

TEMPLO DE OBATALA EM ILE IFÉ 540 960 Renata Barcelos - Yemojagbemi Omitanmole Arike

Ainda falando da viagem – não acaba mais? Não mesmo.. tenho assunto para mais de ano ou seja até eu voltar e ter mais e tão me mandando assunto então não vai acabar tão cedo, kkkk

Aliás ontem foi aniversário do Oni de Ife… feliz aniversário ao Ooni.

Muitos dos templos e alguns edifícios de ile Ife foram totalmente reconstruídos, e padronizados para o mesmo estilo arquitetônico bem recentemente.

Quando eu via os filmes de ile Ife eu tinha a ideia que uma parte da cidade era inteira branca seguindo o novo padrão arquitetônico mas não é.. as ruas são como a maioria das outras cidades que estive, casas normais, ruas normais e a vista aquela cor peculiar da areia avermelhada que permeia o chão de muitos locais.. e logo então aparece andando de carro pouco a pouco vai encontrando os lugares reconstruídos em grande parte todos predominantemente brancos.. eu filmei a chegada do templo Obatala para poderem ver.

Confesso que eu tinha uma certa ansiedade por conhecer ile Ife, afinal está era a cidade (que mesmo sendo a terceira info: site do Ooni) ela tem o nome do local onde o mundo foi criado conforme a cosmologia yoruba – Ile Ife.

Ali outra vez então o cenário mitológico se transformava em algo real.. a tão falada ile Ifé, pois bem e aí uma questão de identificação, os templos são bonitos com a nova arquitetura, mas as vezes me faltou aquele calorzinho no estômago que senti em outros locais, talvez por que seja muito novo ou talvez por identificação energética mesmo não sei dizer, ou um fator psicológico pode ter influenciado sabendo que era novo e eu tinha ido buscar o antigo do antigo do antigo e mais antigo, e de fato era só a aura nova pq os espaços de culto dos Orisa são os antiguerrimos e foram transportados da antiga construção para nova com todo cuidado.

E então chegamos depois de muito tempo, ile Ife não é a praia mais conhecidas do lá meus queridos companheiros de viagem de Oyo. Mas Dare, Dare tem amigo em todos os lugares o mocinho é pop! Então esperamos a querida amiga de Dare chegar a nos guiar para o templo de Obatala hunnn hunnn e aí fomos a está tantas arrestava a olori Yemoja comigo para Ile Ife, a gente sério! já estava insuportável a ideia de ter que ir embora de lá (Oyo) precisava minimizar os efeitos das saudades que eu ainda iria sentir no futuro entendeu? arrastava ela uai! minha mãe.. levo para onde eu vou não é assim? Kkk

Das coisas muitooo legais, ver um local de culto a Osoosi dentro do templo de Obatala aliás vi alguns Osoosi e em lugares diferentes.. mas é um capitulo a parte falar sobre Osoosi o pouquinho que tomei nota.

Dentro do complexo de Obatala eles têm varios Orisa, e alguns que antecedem ainda ao pátio principal de onde realmente fica o Obatala do Templo, Esu é o primeiro a direita. Então embora ali eles considerem Osoosi guardião da casa de Obatala, está ainda mais perto da rua Esu antes de Osoosi. Tipo Esu fica mesmo ali como se fosse o primeiro porteiro a ter que passar.. e Osoosi é visto depois de dois portões anteriores.. outros Orisa vão sendo revelados ao caminhar. Dentro do templo de obatala porque é uma parte dentro da outra.. a temos que andar a esquerda para achar o caminho, então já uma luz elétrica chama atenção (sim chama atenção muitos templos não tem) o páteo grande, a cadeira do Obalesun ali os tambores próprios do culto expostos.. e conversamos com os sacerdotes locais!

Bacana a visita, penso que é um dos principais pontos para se conhecer, pelo valor histórico mitológico yoruba.

Bacana a visita, penso que é um dos principais pontos para se conhecer, pelo valor histórico mitológico yoruba.

Conteúdo protegido