10 Coisas para saber sobe Ori

10 Coisas para saber sobe Ori

10 Coisas para saber sobe Ori 603 596 Renata Barcelos - Yemojagbemi Omitanmole Arike

Ori

Nunca perco a chance de uma pretensa filosofia quando preciso avaliar então o Ori, que pensa no coletivo.

Hoje muitos de nós fixamos uma obsessão de descoberta “africana” de um pré-destino definido antes de nosso nascimento.

Ainda que cada ser tenha um “papel” a desempenhar terá que abraçar o coletivo. O pré-destino em construção absorve os valores de comunidade e família e será ajudado ou destruído pela força de ação do Ese (o pé) o iwa (o carater) e o ORI sempre preservando o senso comunitário ou evidente que estaríamos colocando em pratica – que os fins justificam os meios e isso não é bom! Ninguém precisa ser atropelado!

A falta de apoio de sistemas governamentais, definem destinos mais rápido que qualquer oráculo na terra. A falta de mudança de consciência coletiva sobre muitos temas matam em um volume mais rápido que qualquer sacerdote seja capaz de prever.

Um pé na realidade, para outro rezar, mas precisamos aqui concordar que nosso caminho será influenciado de diversas maneiras- essa é realidade, a fé é ter esperança em destino lá na frente melhor.

Arcamos pois bem, com consequências bastantes humanas e neste sistema bonitão, deu até gloria a quem nunca mereceu e matou genios que salvariam muita gente que nunca conhecemos.

Na melhor conversa que tive sobre o tema Kola Abimbola falou: Destino é o resultado do que praticamos em nossa vida.

Ori engloba nossa visão de ser humano por isso esse tema aqui.

Sem nunca perder a fé em Orisa – por isso os tenho como processo de civilização.

>Quando perdemos a noção do outro: todo preconceito entrou na sociedade e toda guerra começou, ORI POR NÓS!

O sentido de vida comunitária yoruba dão indicativos menos individuais de uma percepção de Ori.

“Auto centrado” – “O eu mais importante” , “o egoísta” – não pensa na comunidade.
EU só posso ajudar os outros quando EU estiver bem poderia ser melhor dito : é ajudando uns aos outros que todos nós ficamos bem.

Eu tenho medo do Movimento ” Super power EU” de um modo que cada um descobre a sua beleza interna se coloca como o ser mais especial na terra, merecedor, valente, potente e igualmente cada vez mais individual, tão indivíduo que esta ele sozinho em um altar agora sendo cultuado por aqueles que tentam imita-lo e ter o igual triunfo.

Não me entenda mal, estar no mundo e reconhecer-se é importante. Evidente que todos nascemos com uma personalidade e precisa ser respeitada. O que quero que você perceba é que o yoruba se ve em rede, e não isolados, não vejo como criarmos uma mente africana retalhando o que queremos.

– auto-ajuda pode ser valiosa, melhor aplicado aos yoruba assim: para eu me ajudar .. eu posso pedir ajuda.

Teremos títulos reconhecimento de feitos, enaltecidos em publico, subiremos em pilões virados, e assim akoko enfeitarão nosso Gele ou fila nosso Ori, e ainda assim é um grande feito para a comunidade.

>Um ori sozinho bom não é mérito para muita gente que não para si mesmo Oh grandioso Ori. Isso não é yoruba isso é capital – corra sozinho, que chato isso!

Melhorar a comunidade é o que engrandece alguém, um bom ori tem dentro dele o Nós, o valor da função que exerce para a comunidade que atua.

Hoje sobre o Ori
Essa é uma declaração de fé – minha – e espero um dia ser nossa.
Em conjunto um ajuda o outro – super herois estão nos filmes não precisa ser um, tá tudo bem precisar de ajuda.


1 – Ile ori ( igba Ori) não é uma coisa universal entre os Yoruba. Muitos não tem.

2-O culto a Ori pode e é feito na própria cabeça sem que precise necessariamente de um ile Ori

3-É costume dar para a cabeça eja ebori – bagre peixe vivo para ori em área yoruba.

4-É possível fazer bori – dar de comer a ori com poucos elementos tirados no oráculo

5-Sim é possível ter a indicação de fazer mais de um bori por ano

6-Yoruba nunca estão com a manifestação de um Orisa no ritual de um bori

7-È comum louvar o próprio Ori e até dar pequenas oferendas quando se tenha algum êxito, e agradecer a Ori

8-Para a cosmologia o Obatala faz os corpos já com cabeça, é na casa de Ajala que vamos escolher a força de nosso Ori ( se fraco ou forte)

9-Alguns Yoruba consideram Ori como Orisa, outras não. Em Oyo geralmente não.

10-Os yoruba não acreditam que Ori tenha um dono.

11-Os Orisa podem ajudar a melhorar um Ori

12-Ori Buruku é um dos piores xingamentos para os yoruba – “cabeça ruim”

13-Ter boas atitudes, um bom caráter, bom comportamento é recomendado por todos os cultos de todos os Orisa para ajudar a Ori ter prosperidade.

14- Evidente que devemos rezar para Ori. A melhor reza que pode fazer é todos os dias quando acordar pedir que Ori apoie seu caminho, que tenha prosperidade no dia de hoje, que afaste os inimigos os invisíveis e visíveis.
Se Ori não entender português desista do culto de Orisa! É seu ori! Mas tudo bem eu tb gosto de rezar em yoruba mas sem estresse é preciso praticar!

Ori Hu!
O mais alto e lugar central pertencem a Ori.
Ori é a criação do começo
Antes da origem do mundo
Ori não deixe que eu me envergonhe
Ori não deixe o mau entrar.
Ori eu te reverencio
Ori por favor faça com que minha vida seja boa
Ori por favor me leve até um caminho próspero
Ori faça que meus caminhos sejam protegidos

15-A saudação para Ori normalmente é Ori hu! Ori Hu Ori Hu!

16-Todos os oraculos podem indicar que alguem precisa alimentar e cuidar de Ori.

🔵 consulte um sacerdote ou sacerdotisa!

Conteúdo protegido